segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Obras de Monteiro Lobato sofrem tentativa de censura



                                                         

 No ano de 2012 foi feita uma tentativa de censura a algumas obras de Monteiro Lobato e proibição da utilização dos livros em escolas públicas. O responsável pela acusação de racismo na obra do escritor foi o Instituto de Advocacia Racial e Ambiental (Iara), que avaliou como impróprias e de cunho racista algumas passagens dos livros Caçadas de Pedrinho (1933) e Negrinha (1920). Os trechos das obras indicados pelo Iara são: “Negrinha era uma pobre órfã de sete anos. Preta? Não; fusca, mulatinha escura, de cabelos ruços e olhos assustados” (Negrinha) e “Tia Nastácia, esquecida dos seus numerosos reumatismos, trepou que nem uma macaca de carvão” (Caçadas de Pedrinho). A partir de uma denúncia da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, o parecer foi aprovado de forma unânime pela Câmara de Educação Básica do CNE e enviado ao  Supremo Tribunal Federal (STF), onde encontra-se em processo.
Censura a livro de Monteiro Lobato será debatida no STFEsta discussão começou quando, no dia 30 de junho de 2010, o Sr.Antônio Gomes da Costa Neto, Técnico em Gestão Educacional da Secretaria do Estado da Educação do Distrito Federal, indicou, no Parecer CNE/CEB n°.15/2010, que os editores do livro Caçadas de Pedrinho foram descuidados “em relação aos estereótipos raciais presentes na obra, mesmo que estejamos em um contexto no qual têm sido realizados uma série de estudos críticos que analisam o lugar do negro na literatura infantil, sobretudo, na obra de Monteiro Lobato e vivamos um momento de realização de políticas para a Educação das Relações Étnico-Raciais pelo MEC, Secretarias Estaduais e Municipais de Educação.”
No caso do Instituto Iara, a disputa está no Supremo Tribunal Federal (STF), sob relatoria de Luiz Fux, atual ministro. Na ação, o Iara solicita ao MEC que acrescente às obras referidas um encarte explicativo que oriente o professor sobre o contexto histórico em que o livro foi escrito, explicitando os trechos considerados racistas. O Iara também pediu que houvesse uma maior capacitação dos professores para introduzir tais títulos. Uma entidade importante para a literatura nacional, a Academia Brasileira de Letras (ABL), posicionou-se contra o parecer do CNE. Seus integrantes realizaram uma plenária e colocaram-se contra a classificação racista designada à obra Caçadas de Pedrinho.
De acordo com uma nota publicada pela ABL, “cabe aos professores orientar os alunos no desenvolvimento de uma leitura crítica. Um bom leitor sabe que tia Anastácia encarna a divindade criadora dentro do Sítio do Picapau Amarelo. Se há quem se refira a ela como ex-escrava e negra, é porque essa era a cor dela e essa era a realidade dos afro-descendentes no Brasil dessa época. Não é um insulto, é a triste constatação de uma vergonhosa realidade histórica”.
                                                                                               




 Matéria do site Infoescola

8 comentários:

  1. Eu achei isso o cúmulo da falta do que fazer. Ao invés de se preocuparem com este tipo de coisa, deveriam rever o conceito de introduzir a literatura no mundo da crianças. Pq não é enfiando guela abaixo das crianças "O Cortiço" que possui um linguagem super difícil e complicada, que farão com que as crianças gostem de ler. Pelo contrário!

    Tem meme pra vc lá no blog! Um beijo!

    http://perdidasnabiblioteca.blogspot.com.br/2012/10/memes-e-selinhos-9-conheca-o-blogueiro.html

    ResponderExcluir
  2. Olá vim conhecer seu blog e adorei!!!
    Ja vou aproveitar pra seguir tambem.
    Tambem vim convida-la a participar da brincadeira no meu blog:
    http://amorporamigurumis.blogspot.com.br/2012/10/3-sorteio-em-parceria-com-circulo.html
    Até mais! Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá Waléria, sou o Guilherme do Menino Ironia... Eu mandei um e-mail para você, lá vocês responde com o endereço seu. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá Waléria, eu li uma reportagem na televisão sobre isso que vc esta falado, achei um absurdo!!!
    Aqui, tem selinho pra vc lá no blog...passa lá e pega!!!
    Bjokas

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    Ops: Se ainda não segui o meu blog, passa a seguir!!!

    ResponderExcluir
  5. Colocar os livros do Monteiro como racistas é no mínimo pouco inteligente. O livro carrega traços da época em que foi escrito e isso não é demonstração de racismo. Ao invés de censurar um clássico incrível, essas pessoas deveriam pensar em investir na qualidade de ensino que é tão precária no Brasil.

    Beijos

    O mundo sob o meu olhar

    ResponderExcluir
  6. Nossa eu não sabia disso.. Tudo bem? Talvez você não conheça meu blog, mas eu conheço o seu. E com isso fiz uma postagem, um selinho aliás; Bom, se você puder ir lá e visitar eu ficaria feliz, e se puder comentar no post, eu ficaria mais feliz ainda. Bom então é isso, beijos and abraços e até mais. Para acessar do post este é o link:  Selinho Versatile

    ResponderExcluir
  7. Querida,
    bem vinda a parceria BLOGUEIRAS UNIDAS!
    É um prazer tê-la conosco, aguardamos sua visita para ver seu número em nossa lista de divulgação. http://listadedivulgacaoblogueirasunidas.blogspot.com/
    Leia atentamente nossa postagem e desfrute de tudo que a parceria te proporciona.
    Obrigada!
    Abraços!
    Siglea & Marcia - Blogueiras Unidas

    ResponderExcluir
  8. Até parece que o Brasil não tem maiores problemas ao qual devemos nos preocupar... Ficar perdendo tempo com esse assunto, que cá entre nós nem deveria existir. As obras de Monteiro Lobato é um clássico que não devem ser censuradas e sim abordadas.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR LEIA PLEASES.
1- Nada de palavras de baixo calão ou chingamentos ok
2-Comente sobre o port please da muito trabalho pra fazer e depois receber um comentario dizendo..Segue? Visita?...Por favor tenha concideração com a blogueira aqui ok
3- Não precisa pedir pra seguir..se vc me seguir eu automaticamente sigo vc, curto a fanpaga, o tt e todas as suas 50 redes socias rsss
4-Não precisa pedir para visitar, é só deixar o link e eu vou fazer questão de visitar o seu blog e comentar.
Obrigado pelo comentário.